Quanto uma empresa deve investir em marketing?

· 26/09/2018 · 10:00

Essa é uma das perguntas que mais escutamos aqui na FX7, e a resposta é sempre a seguinte: invista o máximo possível e necessário, para que você conquiste os resultados pretendidos!

Depois de muitas experiências em nossos projetos, para que haja maior performance no alcance dos objetivos, acreditamos que o investimento em marketing deve ser de 3% a 5% do total de receitas efetivas que a empresa projeta realizar ao longo do ano.

Vamos dar um exemplo:

A empresa “XYZ” atua no varejo, no segmento de alimentos congelados, atua em um raio de 100km de sua base de operação, a qual tem 13% de participação de mercado (market share) de uma população de consumidores de 450 mil de pessoas. Cada pessoa consome em média R$ 2,50 de produtos deste segmento por semana. Sua previsão de receita para o ano é de (13% de 450.000 pessoas) * R$ 2,50 * 56 semanas (1 ano). Logo sua receita será R$ 8.190.000,00.

Para esta empresa, sugere-se um investimento em marketing de R$ 245.000,00 até R$ 409.500,00.

Este investimento deve contemplar todos os gastos ligados diretamente ao plano de marketing como, agência, produção de materiais, veiculação de materiais, patrocínios, contratações de fornecedores de serviços para execução de projetos, como produtoras ou fotógrafos, ativação e degustação de materiais em eventos ou lojas, pagamentos de comissionamentos e premiações das atividades e ações do marketing.

Recomendamos essa lógica de cálculo para empresas que estejam numa situação de equilíbrio com a concorrência e mercado. Em alguns casos, há a necessidade de um aporte maior de investimento, como em algumas das situações a seguir:

  • Penetração em novos mercados ou regiões;
  • Lançamento de produtos;
  • Maior atuação dos concorrentes (atuais ou novos).

Ressaltamos que alguns segmentos onde a diferenciação de produto ou serviço é muito pequena há uma necessidade maior de investimento em marketing. É o caso das cervejarias por exemplo, onde precisa uma maior e melhor percepção da proposta de valor do produto e constante ativação da marca para estímulo de consumo.

Por fim, há três conselhos da FX7 quando falamos em investimento em marketing, visando conquistar os objetivos:

  1. Qualquer que seja o volume de investimento, este não pode comprometer o equilíbrio financeiro do fluxo de caixa da empresa (receitas x despesas);
  2. Mais vale fazer investimentos menores dentro de um planejamento regular, que um investimento maior pontual e não dar continuidade;
  3. O valor a ser gasto na execução efetiva do plano de marketing (produção e veiculação) deve ser no mínimo de 70% a 80% da verba total. Investir mais que 30% na parte de desenvolvimento de ideias ou conteúdos, como agências ou freelancers, pode inviabilizar o alcance dos resultados.

Evans Filgueiras. Planner da Equipe FX7

Tags:, , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *